sábado, 24 de janeiro de 2009

Qualidades da natureza da mente

"A mente é o mais sutil e recôndito aspecto da nossa condição relativa, mas não é difícil notar a sua presença. Basta observar os pensamentos e como eles nos enredam no seu fluxo. Se perguntarmos, 'O que é a mente?' a reposta é o fluxo ininterrupto dos pensamentos que surgem e desaparecem. Ela tem a capacidade de julgar, de raciocinar, de imaginar, etc. dentro dos limites de espaço e tempo. Mas, além da mente, além dos pensamentos, existe o que se denomina 'natureza da mente', o estado verdadeiro da mente, além de quaisquer limitações. Como está além da mente, o que fazer para nos acercarmos de uma compreensão a seu respeito?""Tomemos, por exemplo, o espelho. Olhamos no espelho e vemos refletidas as imagens de tudo o que está diante dele, mas não vemos a natureza do espelho. Mas o que significa a 'natureza do espelho'? Quer dizer a capacidade de refletir, descrita como a sua claridade, transparência, pureza, limpidez, condições indispensáveis para que os reflexos possam manifestar-se. A natureza do espelho não é algo que se veja, e a única forma de concebê-la será através das imagens refletidas no espelho. Da mesma forma, apenas conhecemos e vivenciamos o que esteja relacionado ao corpo, à voz e à mente. Contudo, é assim mesmo que somos levados a compreender a sua verdadeira natureza."

"Dzogchen: The Self-Perfected State" by Namkhai Norbu Rinpoche. Translated from the Italian by John Shane. Edited by Adriano Clemente. New York: Arkana, 1989. Available at Ligmincha's Bookstore.Traduzido para o português por Tenzin Namdrol

2 comentários:

Pema Lodrön disse...

Você me desculpa? Eu não resisti e copiei para o meu blog esta mensagem. Acabo de sair de um retiro de Dzogchen de 22 dias com Jigmed Rinpoche - filho de chagdud Rinpoche - no Khadro Ling, Três Coroas, Rio Grande do Sul, Brasil.
Espero que ela alcance outras pessoas que não tenham acesso ao seu blog e tenham ao meu. Possa ser de benefício.

Pema Lodrön disse...

Muito obrigada pela concessão. De presente para você, um vídeo. Estamos rezando por ele que estava, ao que sabemos, até domingo, num hospital da Austrália com fortes dores por causa de pedras na vesícula. Se no rim dói que eu sei...
http://www.siddharthasintent.org/